Mónica Martins

Olá eu sou a Mónica Montenegro.

Nasci em 1985, em Vila Nova de Gaia, tive uma infância muito feliz ao ar livre nos campos dos meus avós maternos em Canelas-Vila Nova de Gaia. Corri, brinquei, cai, levantei, era reconhecida por todos, reconhecia todos. Quase como se de uma aldeia se tratasse.


Qual o teu percurso até chegar à fotografia?

Fiz um curso técnico profissional e Administração e Contabilidade no Secundário, ingressei na faculdade no curso do Ensino Básico 1º Ciclo, fui catequista durante 7 anos, tirei uma pós- graduação em Educação Especial.


Como começou a fotografia na tua vida?

Sempre vivi sem que me apercebesse que a fotografia existia. Em casa dos meus pais tenho vários caixotes com fotografias impressas e até algumas fotografias de Polaroide. Algumas das máquinas que ainda tenho são uma Zenit que era do meu pai e outra Sony que era do meu irmão. O “click” acabou por ser no meu casamento, onde percebi a importância da fotografia na vida de cada um. Pelo facto de ter fotógrafo no meu casamento, tenho fotografias de pessoas que já morreram. Quando a minha filha nasceu a fotografia ainda fez mais sentido, começando a logo a fazer várias formações e comprei a minha primeira máquina profissional.


Que tipo de fotografia faz a MéMoire Foto?

Fotografia é fotografia… Uso luz natural quando fotografo em exterior e com famílias o meu estilo é mais lifestyle. Nos nascimentos sou um estilo mais documental, porque não é possível pedir para retirar a mão ou fazer pose, por razões óbvias. Em estúdio uso luz artificial e o estilo será mais direccionado. Com fotografia de produto é tudo bem mais orientado. Consigo me adaptar a todas as situações e escolher o estilo que quero usar.


MéMoire Foto
MéMoire Foto
MéMoire Foto